Carregando
carregando...
Ir para o topo
itens: 0
Loja Parafusos/Ferramentas    
    Loja Ferragens

Post

Os Segredos dos Melhores Profissionais da Marcenaria

Você já parou para observar alguns móveis da casa de amigos e se impressionou pela qualidade e durabilidade dos mesmos? Uma boa madeira pode durar centenas de anos. Como então conseguir o melhor resultado de um móvel? Uma das dicas da marcenaria moderna começa pelo corte correto da madeira.


Corte plano


Responsável por deixar a madeira com um belo visual, porém não permite tanta durabilidade dos móveis quanto nos outros cortes. É ainda o corte mais comum em projetos e barato, além de evitar o desperdício de madeira. Para conseguir o efeito desejado, é realizado o corte de uma extremidade a outra do tronco, sempre em cortes retos. Assim, as curvas da formação originária da madeira são ignoradas. Esta técnica é uma das dicas de marcenaria para uma mesa perfeita, por exemplo, pois ao mostrar as irregularidades intrínsecas da madeira, deixa-a mais atrativa aos olhos dos consumidores.


Corte em rasgo


Outra dica sobre marcenaria é o corte em rasgo, que gera um efeito mais sóbrio, porém apresenta alta resistência e durabilidade. Se seu móvel deseja atingir ainda um alto grau de linearidade, é o corte ideal. Nessa técnica de corte há um grande desperdício de madeira. Ele é feito da extremidade ao centro com angulação de 30 a 60 graus com relação ao cerne. Ele é bem preciso, pois busca captar proporcionalmente os cernes da madeira.


Corte em quartos


Essa dica de marcenaria grátis, o corte em quartos, é muito procurada para os instrumentos musicais, como o braço de um violão por exemplo. A madeira com esse garante uma boa transmissão de vibração, no caso do instrumento musical. Para realizar o corte em quartos, é acompanhado segmento a segmento da formação originária da madeira. Procura estender da medula do tronco até a extremidade e tem uma angulação de 60 a 90 graus do cerne. Este tipo de corte é mais complexo e proporciona maior durabilidade.


<

Conheça os Tipos de Madeira


Madeira maciça


Indicada para móveis de jardinagem e piscina, a madeira maciça é uma das dicas de um marceneiro, pois é durável mesmo de encontro à água. Possui variadas colorações e boa resistência. Um arranhão ou furo na madeira maciça tem um fácil reparo. Por serem mais resistentes, também são mais pesadas. A madeira maciça é uma madeira pura, não possuindo fibras sintéticas ou aglomerados. Ela pode ser proveniente de árvores mais simples, como no caso do eucalipto ou árvores mais nobres, como o mogno.


MDF


É um derivado da madeira, produzido a partir da associação de fibras de madeira, resinas sintéticas e outros aditivos. Para este material, uma das dicas de marcenaria mdf é utilizar na produção de móveis, forros e divisórias. O mdf é leve, mais barato que a madeira maciça e aceita diversos tipos de tratamento como pintura, lixamento e fórmica. Não é recomendado para ambientes externos, por ser menos resistente a umidade.


Compensado


O compensado é adquirido a partir de pequenos entalhos de madeira, os quais são colados e produzem uma placa vigorosa. Pode ser utilizado na parte interna da casa, sendo uma das dicas de marcenaria para a cozinha, sala, portas, entre outros. Por ser formado por tiras de madeira, possui boa resistência. O material é mais barato que a madeira maciça, porém nas condições externas onde tenha muita umidade, a madeira maciça é preferível.


Aglomerado


Ao contrário do MDF que usa as fibras de madeira, o aglomerado é constituído por pequenas partículas de madeira que são juntadas entre si. Para fazer essa união das partículas de madeira, é inserida resina uréica e então submetido a altas temperaturas e pressão. O aglomerado possui baixa qualidade e por isso é mais barato. Pode ser utilizado em móveis e peças retas, como prateleiras e laterais de mobiliários. Não tem alta durabilidade e nem resiste em contato com a água.


Conclusão


Conhecer a madeira, saber seu corte correto, entender o melhor de cada tipo de madeira e aonde ela será empregada são fatores importantes para um marceneiro. Dessa maneira, essas dicas de marcenaria vão ampliar seu leque e domínio no tratamento da madeira e de um móvel.