Carregando
carregando...
Ir para o topo
itens: 0
Loja Parafusos/Ferramentas    
    Loja Ferragens

Post

4 Erros para você não cometer com uma Parafusadeira


Uma parafusadeira ideal facilita no seu dia a dia, pois ela é muito útil em serviços domésticos. Você pode colocar uma prateleira na parede, montar móveis, fixar objetos e placas de gesso, entre outras utilidades. Saiba como fazer o manejo adequado desta ferramenta, incluindo uma parafusadeira de impacto, a qual auxilia na perfuração. Por isso, não cometa os erros que serão abordados a seguir.



1) Usar a parafusadeira ininterruptamente


As parafusadeiras elétricas são leves e potentes, porém não sobrecarregue a ferramenta. Fazer o uso sem intervalos pode diminuir a vida útil da bateria, sobrecarregar o motor e ainda superaquecer as brocas. Se precisar trabalhar durante longos períodos, procure fazer intervalos ou então utilize as parafusadeiras de alto torque. A parafusadeira makita possui diferentes níveis de rotação, ou o chamado torque. No uso doméstico, o torque possível pode ser de 3Nm, já que não é preciso um grande poder de rotação. Porém, caso você deseje uma mais poderosa, existem parafusadeiras a venda da Makita com maior torque, que variam em média de 30Nm a 50Nm.



2) Utilizar mais ou menos torque para certos serviços


Antes de utilizar a parafusadeira makita, saiba escolher o valor do torque adequado que deve ser aplicado. É possível selecionar o torque ideal, através do anel seletor da parafusadeira, que fica próximo ao eixo rotatório dela. Você pode escolher então o torque, de 0 a 25Nm, por exemplo. Quanto maior o número, mais intensidade na torção é aplicada. Por isso, fique atento ao nível de torque ao usar a parafusadeira makita. O valor do torque baixo é recomendado aos parafusos de menor tamanho e materiais mais sensíveis. Já o torque mais alto da parafusadeira, deve ser acionado para parafusos com dimensões maiores e materiais mais duros.



3) Não trocar as ponteiras


Preste atenção ao seu estado, pois fazer o uso de uma parafusadeira e furadeira com uma ponteira cega, muito desgastada, estraga a cabeça do parafuso. Dessa maneira, a parafusadeira elétrica não irá realizar seu trabalho com eficiência, dificultando para aparafusar.



4) Escolher design errado


A parafusadeira makita possue o modelo ideal para você, pois é leve e compacta. Na hora de definir qual a melhor opção de design, entenda as variações de uma parafusadeira:

- Formato reto da parafusadeira: indicado para firmar parafusos em armários, garantindo precisão.

- Formato dobrável em L: fundamental para atingir ângulos difíceis.

- Formato em pistola: comum nas parafuradeiras de impacto. Este design garante firmeza e segurança em seu uso.

Além disso, para o melhor uso da ferramenta, utilize o acessório pertinente a determinadas tarefas. Por exemplo: utilizar uma broca para madeira, outra para o metal e uma diferente para o concreto; empregar as pontas de trabalho da maneira
adequada; e ainda, colocar lubrificante se necessitar de uma melhor perfuração em um metal.



Algumas parafusadeiras makita possuem também luzes de LED em sua ponta. Isso propicia o uso em lugares mais escuros. Entre outras diferenciais das parafusadeiras da makita, é possível listar: a resistência à água e poeira, através da tecnologia XPT, a qual evita a entrada desses elementos na ferramenta; velocidade variável, freio instantâneo e motor BL.



Por fim, quando for comprar sua parafusadeira elétrica, não deixe de verificar a bateria. As baterias de lítio recarregam com facilidade, ao contrário das de níquel cádmio, que podem demorar até 8 horas para uma recarga.


Conclusão


Vários fatores devem ser observados para a melhor escolha de uma parafusadeira. Você sabendo operá-la, reduz em tempo e economiza ao realizar serviços menores, já que não será preciso contratar um funcionário com habilidades de marcenaria. Por
isso, identifique e adquira a sua parafusadeira makita.